965 704 720 info@djanimacoes.com

Setor dos eventos pede rastreios aos convidados para retomar a atividade.

O MESC – Movimento de Empresas do Setor do Casamento, apresentou uma solução para o setor dos eventos retomar a atividade, a qual se encontra praticamente parada desde abril de 2020. A solução passa pela realização de testes à covid-19 aos convidados.

Fazer o teste ou demonstrar o teste negativo a menos de 72 ou 24 horas (consoante o teste utilizado) será a condição para a realização do casamento.

A identificação de pessoas infetadas vai impedir que estas estejam presentes no casamento, evitando assim que possam transmitir o vírus a convidados e funcionários.

Os espaços onde se organizam os eventos passam a ter um papel preponderante na identificação, comunicação e isolamento de infetados.

Para além da realização de testes, a recolha dos contactos telefónicos de todos os convidados por parte do espaço onde acontece o casamento e a sua comunicação à Direção-Geral da Saúde (DGS) em caso de ocorrência de um surto.

Este setor está parado à demasiado tempo, o que obviamente se tornou num grande desafio para todas as empresas, desafio esse que nem todas estão a conseguir superar.

Se pensarmos que este setor trabalha de sazonalmente, é fácil perceber o grau de dificuldade para que estas empresas atravessam. O movimento indicou que, com as restrições impostas, se perdeu 83,2% da atividade de 2020.

“Apesar de ter sido legalmente viabilizada a atividade do setor, a imposição de todas as medidas restritivas, bem como o clima generalizado de medo e desconfiança fez com que mais do que 80% dos casamentos agendados em 2020 fossem reagendados para 2021 ou cancelados”, indicou.

Além disso, deste setor dependem sete mil empresas e 150 mil pessoas, acentuou.

É importante tentar manter a calma possível e não haver precipitações.

Juntos vamos conseguir.

#covid19 #casamentos #pandemia #noivos

Share:
103 Views

Leave a comment: