965 704 720 info@djanimacoes.com

Curiosidades: Porque se atira arroz aos noivos

Os comportamentos sociais quando são repetidos durante muito tempo, tornam-se tradições. Com o passar dos anos, o tempo pode disfarçar ou ocultar a razão pela qual surgiu determinada tradição, até porque todos nós sabemos que as pessoas gostam de acrescentar um ponto de cada vez que contam um conto!


Porque se atira arroz aos noivos? Esta é mais uma tradição que terá começado Roma Antiga, naquela altura usavam-se outros cereais como trigo ou o centeio, que simbolizavam fartura, boas colheitas, fertilidade e prosperidade. As noivas colocavam espigas entre as suas tranças e os homens partiam bolos de trigo sobre as cabeças das suas futuras esposas.

Mais tarde passou a usar-se o arroz. Apesar desta tradição ter ficado conhecida na Europa e na América, acredita-se que tenha tido origem na China, quando há mais de 4 mil anos um Mandarim quis mostrar a sua riqueza no casamento da sua filha, inventando a “chuva” de arroz, precisamente por representar prosperidade.
Hoje em dia continua-se a usar só o arroz, mas também o vemos muitas vezes a ser atirado misturado com folhas de oliveira e pétalas.

#djanimacoes #casamento #noivos

Curiosidades: Os Bem Casados

Temos vindo a publicar várias curiosidades ou tradições sobre o casamento. Muitas dessas tradições vão passando de geração em geração, contadas em ambiente familiar, outras parecem contos tirados dos livros. O que importa é que tudo isso torna ainda mais especial o grande dia.

Hoje escrevemos sobre os Bem Casados, um doce pequeno e fofo, recheado com muita doçura. Pode ser servidos aos convidados durante o banquete ou entregue como lembrança de casamento. Este pequeno doce, significa a união do casal. A sua origem é Portuguesa mas é também muito conhecido no Brasil. Aqui fica mais um pouco da tradição e uma ideia fofa e doce para o vosso casamento.


#djanimacoes #curiosidades #tradicaodocasamento #casamento #noivos

Curiosidades: Bolo de Casamento

Não há casamento sem bolo, seja de massa tradicional, de chocolate, com recheio crocante, cobertura de açúcar ou de chocolate branco, há uma infinidade de sabores e formas para celebrar o grande dia.

Antigamente os romanos, costumavam partir pães de trigo ou centeio na cabeça da noiva, para desejar sorte e fertilidade. Os noivos comiam algumas migalhas que simbolizava o primeiro acto de união.

Já na Inglaterra medieval, fazia-se uma brincadeira com pães e roscas, colocavam-se uns em cima dos outros e depois os noivos tinham que se tentar beijar por cima, terá sido assim que nasceu a ideia do bolo actual.

Só mais tarde no séc. XVI é que surgiram os bolos doces, quando o açúcar refinado entrou no mercado europeu. Nesta altura era muito caro, só ao alcance dos ricos que faziam questão de casar com bolos enormes e normalmente cobertos por açúcar branco.

Os anos foram passando e ainda hoje assistimos aos noivos a cortar e a comer um pedaço de bolo juntos com a mesma simbologia dos romanos há muitos anos atrás. Talvez por isso, ainda não há muito tempo, os casamentos começavam com o corte do bolo dos noivos, porque era mesmo o primeiro acto juntos. Actualmente guarda-se para mais tarde e faz-se deste momento um acontecimento inesquecível, com música e fogo de artifício.

#djanimacoes #casamento #bolodecasamento #noivos #diadecasamento

Curiosidades: Marcha Nupcial

Existem duas marchas nupciais muito conhecidas e que estão certamente no ouvido de todas as pessoas. Felix Mendelssohn em 1842 e Richard Wagner em 1850, ambos alemães, compuseram estas duas músicas que fazem parte da tradição do casamento. Curiosamente, tanto uma como outra, não foram escritas propositadamente para casamentos. Mendelssohn compôs a sua marcha para uma cena da peça Sonho de Uma Noite de Verão, de Shakespeare e a de Wagner é parte da ópera Lohengrin.


E então como se tornaram numa tradição para o casamento? Mais uma vez a grande responsável por criar tendências no grande dia, foi a rainha Vitória de Inglaterra, que incluiu a marcha de Mendelssohn no casamento da sua filha em 1858, que também se chamava Vitória. A filha mais nova da rainha, Beatrice, casou-se em 1885 ao som da partitura de Wagner. Desta forma a tradição mantém-se até hoje.


#djanimacoes #tradicaonocasamento #casamento #marchanupcial #noivos

Curiosidades: Meninas e Meninos das Alianças


Não há casamento sem as meninas e meninos das alianças, é sempre um momento muito esperado, carregado de ternura e que foi cuidadosamente preparado. Um orgulho para os pais e para as próprias crianças. A entrada das crianças na cerimónia além de ser uma cena muito bonita, está também carregada de simbolismo, elas demonstram a esperança e a duração do casamento, o seu crescimento representa os anos que vem pela frente.

Mas, qual a história?

No tempo dos romanos, criou-se a tradição de usar uma menina com um ramo de trigo durante o casamento, para trazer fortuna aos noivos.Já no período da Renascença, a menina levava alho e outras plantas aromáticas para espantar os maus espíritos. No séc. XVI, na Inglaterra durante o reinado da Rainha Elizabete, as meninas das alianças transportavam flores, uma tradição que se mantém até hoje.
Se gostaste desta publicação, deixa o teu gosto e partilha com os teus amigos.


#djanimacoes #tradicaonocasamento #noivos #noivos2021 #noivos2022 #casamento #diadecasamento #meninasdasaliancas #meninosdasalianca

Curiosidades: Almofada das Alianças

É verdade quase tudo na vida tem uma história ou uma razão para existir. Temos divulgado aqui algumas curiosidades relacionadas com o casamento. Desta vez, falamos sobre as almofadas das alianças.

Os casamentos no antigo Egipto, eram sempre acontecimentos muito importantes, todos nós podemos imaginar como seria o casamento de um faraó, no qual as jóias eram apresentadas em almofadas, para realçar a sua beleza e impressionar os convidados. Na Europa medieval imitou-se os egípcios, porém não havia tanta riqueza e as almofadas eram apenas para as famílias muito ricas, assim criou-se o hábito de levar as alianças ao altar em livros com as leituras das missas. Mas haveria de ser como no Egipto, durante a época vitoriana em Inglaterra, crianças entre os 4 e 8 anos transportavam as alianças sobre mini almofadas até ao altar. Uma tradição que ainda hoje se mantém.

#djanimacoes#tradicaonocasamento#curiosidades#noivos#noivos2021#noivos2022#casar#cerimonia

Curiosidades: A tradição e a superstição

Praticamente desde que existo o homem e a mulher, que a humanidade atribui valor sentimental aos objetos, às vezes vai mais longe e acredita mesmo que eles podem ter algum poder ou efeito nas suas vidas. O mesmo aconteceu com as noivas, existe uma tradição em que no dia do seu casamento ela tem que usar alguns objetos. Esta é uma tradição inglesa, do século 19, a qual a Kate Middleton fez questão de cumprir no dia do seu casamento com o príncipe William, em 2011.

Um objeto velho: um objeto que pertença à família da noiva ou represente sua história, para proteção aos filhos, quando os tiver. No caso de Kate, o vestido foi confeccionado com a tradicional renda irlandesa de Carrickmacross.

Um objeto novo: um sinal de confiança no futuro. Kate usou um par de brincos de diamantes do joalheiro Robinson Pelham, presente dos pais.

Um objeto emprestado: uma superstição para dar sorte vinda de algum familiar. Kate usou uma tiara da joalharia francesa Cartier que pertenceu à bisavó de William, a Rainha-Mãe.

Um objeto azul: Kate usou uma fita azul no interior do vestido, como sinal de fidelidade

.#djanimacoes#casamento#noivos#casar#tradicaonocasamento#curiosidades

Curiosidades: Alianças (história)


Acredita-se geralmente que os primeiros exemplos de alianças de casamento foram encontrados no antigo Egito. Relíquias que datam de 6.000 anos atrás, incluindo pergaminhos de papiro, são evidências da troca de anéis trançados de cânhamo entre os cônjuges. O antigo Egito considerava o círculo como um símbolo da eternidade, e o anel servia para significar o amor perpétuo dos cônjuges. Esta era também a origem do costume de usar a aliança no dedo anelar da mão esquerda, porque os antigos egípcios acreditavam que este dedo encerrava uma veia especial que estava diretamente ligada ao coração, denominada em latim a “Vena amoris”.
No início a aliança era tida como um certificado de propriedade da noiva, ou de compra da noiva, indicando que a mesma não estava mais disponível para outros pretendentes. A partir do século IX, a igreja cristã adaptou a aliança como um símbolo de união e fidelidade entre casais cristãos.
Muitas crenças nasceram então, como, por exemplo, o facto de os escoceses dizerem que a mulher que perde a aliança está condenada a perder o marido.


#djanimacoes #casamento #alianca #aliancadecasamento #casar #noivos #noiva #noivos2021 #noivos2022
(fonte wikipédia)

Curiosidades: Madrinhas de Casamento

Existem algumas histórias sobre a forma como surgiram as madrinhas de casamento. Uma delas conta que na Roma Antiga era comum que um grupo de mulheres acompanhasse a noiva. Contudo essas acompanhantes, não podiam assistir ao casamento, as testemunhas eram apenas homens.
Existe outra história que diz que madrinhas também tinha um papel muito importante no casamento. Chamavam-se dama de honra da noiva, ficavam ao seu lado para o que fosse preciso. Isto porque naquela altura as pessoas acreditavam que num casamento, além de poderem aparecer outros homens apaixonados, também podia atrair maus espíritos. Assim, para proteger a noiva de bandidos e demónios, as madrinhas usavam vestidos iguais para os confundir até que os noivos estivessem finalmente casados.
Hoje, são as melhores amigas que acompanham a noiva durante todo o casamento, partilhando todas as emoções fortes que se vivem neste dia.


#djanimacoes #casamento #noivos #noiva #tradicaodocasamento

Curiosidades: Padrinhos do Noivo

A tradição dos padrinhos do noivo, acredita-se que surgiu no séc. XVI na Alemanha e está associada aos casamentos em tempo de guerra. O noivo escolhia um grupo de homens fortes e corajosos, o melhor ficava no altar atento a qualquer movimento suspeito e pronto para combater se fosse necessário. Assim surgiu a expressão inglesa best man (melhor homem), conhecida por padrinho hoje em dia.
#djanimacoes #casamento #tradicaodocasamento

Curiosidades: O vestido de casamento branco

Hoje em dia, todos estamos de acordo que o branco representa a pureza, mas antigamente não era assim, não nos referimos ao significado do branco, mas à cor ou cores que eram usadas no vestido da noiva. Tudo mudou em 1840, quando a rainha Vitória, da Inglaterra, usou no dia do seu casamento um vestido branco todo rendado. Naquela altura era comum, no ocidente, usar cores, muito valorizadas nos vestidos da noiva, mas o impacto do branco lançado por Vitória foi tão forte que se tornou numa tradição em quase todo o mundo.
#djanimacoes #vesidodenoiva #curiosidades #casamento #noivos #tradicaodocasamento

Curiosidades: Porque o noivo fica à direita

Antigamente, era comum que o noivo raptasse a noiva para casar no caso da família dela ser contra. Por isso ele ficava do lado direito, desta forma deixava a mão direita livre para pegar na espada no caso de alguém surgir para tentar impedir a cerimónia à força. Reza ainda a lenda que permitia também ao noivo defender-se dos dragões. Verdade ou mentira, o que é certo, é que ainda hoje o noivo fica à direita!

#djanimacoes#casamento#casamentomedieval#noivos#curiosidades#tradicaodocasamento